Archive

Monthly Archives: March 2014

Desde 2012 que o The Alexe Affair é um espaço de partilha.
Partilha de experiências que pode representar também um estreitar de fronteiras.

Tendo as narrativas de viagens como fio condutor, o blog reflecte as vivências da autora, uma advogada com affairs com as artes, ilustrando o seu mundo e resumindo-se como uma perspectiva pessoal e subjectiva sobre viagens e lifestyle.

Este vídeo, gravado entre Lisboa e Luanda, é o primeiro de uma série que será realizada em complemento aos textos publicados no blog.

///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

Since 2012 that The Alexe Affair is a place for sharing.
Sharing of experiences that can also represent an approximation of borders.

Having the travel narratives as a guide, the blog reflects the experiences of the author, a lawyer with an affair with the arts, being a subjective point of view on travel and lifestyle.

This video, recorded between Lisbon and Luanda, is the first in a series that will be held in addition to the texts published in the blog.
assinatura-coracao

By Bernardo Gramaxo // The Takes // The Art Affair

Advertisements

IMG_6489 - 2013-09-01 at 11-33-54

 Cabo Ledo é Amor que nos faz levitar…

Por vezes somos injustos com aqueles que mais amamos.

Estão ali ao lado, à mão de semear, e por isso muitas vezes nos esquecemos de agradecer pela sua existência nas nossas vidas.

Julgo que foi o que se passou até agora com a Praia dos Surfistas, em Cabo Ledo.

Esse tal reduto que se tornou maior que a sua localização geográfica, porque tem fama que já ultrapassou fronteiras, e por ser fantasiado por tantos milhares, ainda que nunca nele tenham depositado as angústias acumuladas durante a semana.

E tudo isto porque Cabo Ledo vale por si, claro, mas vale também por toda a magia inerente ao trajecto que nos transporta até lá.

O Miradouro da Lua…essa “unidade”, cratera decerto inventada por um Poeta, que das lunares nada devia perceber…

IMG_1031

E depois da Lua, há palmeiras e palmeirinhas.

Há Golfe nos Mangais.

Ainda o tanque de guerra mais pacífico de que há memória.

Elefantes, Girafas, Gnus e macaquinhos na Kissama.

Um desvio para a Muxima.

Sangano e praias desertas, inominadas, inexploradas, só nossas, para sempre nossas.

Terra vermelha, Rio Kwanza e Savana.

E um sem fim de estórias que teimam em não cessar.

Cabo Ledo

É mais uma extensão de terra e mar, como tantas outras por este Mundo fora.

Mas há praias assim….que acabam por simbolizar o que os que a adoram fazem dela, ou é ela que os torna uma verdadeira comunidade…não sei ao certo.

E porque a definição do que ela é pode resumir-se num simples “eu” (porque aí nos redescobrimos, reencontramos e nos tornamos nós), quero sempre voltar…para me encontrar…

…e às ondas boas para surfar

ao “strass” que brilha à beira mar

às estrelas que teimam o céu iluminar

IMG_1736

E sai-se de lá assim…com um sorriso no rosto e na alma…ansiando sempre pelo próximo dia em que a vamos beijar…

IMG_2985Depois de, com tranquilidade, termos “enfrentado” o sol…

Amo-te, Cabo Ledo.

assinatura

%d bloggers like this: