Kissama

IMG_5967

A cerca de 75 kms a Sul de Luanda fica o Parque da Kissama.

Para quem vive em Luanda ou arredores, é uma belíssima escapadela de fim de semana.

Para mim, uma visita perfeita a Kissama seria assim:

Começar por um delicioso almoço de sábado, antes da partida, de preferência com iguarias da gastronomia angolana (daquelas de comer e chorar por mais).

Ir almoçar aos Mangais também é uma opção engraçada, pela proximidade do Parque, e por este ser de facto um ponto de paragem obrigatório para quem faz o trajecto Luanda – Kissama.

De seguida, tentar estoicamente não ser derrubado pela doce tentação de ir dormir uma soneca a seguir ao almoço (tarefa árdua, eu sei, mas valores mais altos se “alevantam”).

De Luanda, leva-se cerca de 1h30 até a Kissama, mais 30 minutos de picada para entrada efectiva no parque.

Convém sair de Luanda a tempo de chegar a Kissama até à hora limite de entrada (17h).

À chegada, é-se simplesmente deslumbrado pela vista estonteante da bacia do Rio Kwanza e o seu vale verdejante, que nenhuma câmara fotográfica consegue captar na perfeição.

[O meu sobrinho, um bebé de fraldas, fez tal esgar de estupefacção ao vê-lo, tão genuíno, que nunca me há-de sair da memória]

IMG_5974

Após o check in, a ideia é usufruir da vista ao pôr do sol, de fogueira acesa, aperitivo na mão, petiscos a rolar e o som da guitarra a entoar melodias (att: importante levar um amigo que saiba tocar guitarra).

O resort, muito simples mas agradável,  tem um Restaurante, onde o jantar e o pequeno almoço do dia seguinte são servidos.

E porquê pernoitar? por um motivo muito pertinente: o safari às 6h da manhã! A melhor hora para ver exemplares de todos os animais que a reserva tem neste momento.

Girafas, Elefantes, Gnus, Bambis, Macacos, Zebras, Avestruzes, Palancas…Pássaros de diferentes tons de penas e cantares…

E de regresso, quem sabe…mesmo o breve poiso do olhar na superfície lunar e, já a seguir, o pôr do sol sobre as ilhotas ao largo da baía do Mussulo a passar o museu da escravatura não apagam da memória a elegância da girafa a gingar.

É um programa giríssimo para toda a família e grupos de amigos, para onde se recomenda levar boa disposição, sorriso aberto e máquina fotográfica!

 

Informações úteis: 

Girafa @Kissama

Quartos duplos: 20.000 Kzs / noite c/ pequeno almoço.

Safari: 3.000 kzs / pax

Passeio de barco pelo Rio Kwanza: 3.000 kzs / pax

À entrada no parque há lugar ao pagamento de uma taxa de 1.000 kzs / pax e por viatura.

Convém levar dinheiro em mão.

Contactos: +244 923 59 4382 / +244 935 28 4549.

Macaco @Kissama

 

electric fence @KissamaIMG_5516

Fotos de Alexe Gonçalves e Bernardo Gramaxo para a The Takes e a The Art Affair.

assinatura

 

Advertisements
2 comments
  1. Naicoco said:

    Muito bom o review!
    Da logo vontade de seguir pela estrada…;)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: